Como definir seus objetos em 2018 #2 – Planos de ação S.M.A.R.T. win!

SMART.jpg

Anteriormente eu mostrei como mapear as suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças através da análise SWOT, que você confere no link acima!

Agora que te mostrar como transformar esse mapa pessoal em um projeto de vida, com planos de ação bem definidos, utilizando uma ferramenta chamada S.M.A.R.T., sigla para specific, measurable, attainable, relevant e timebound.

Eu faço uma pequena alteração nessa ferramenta adicionando ao final dela um Win, que mais pra frente te conto a que se refere.

Como utilizar a análise SWOT para criar planos de ação S.M.A.R.T. win?

Primeiro passo é entender quais os quadrantes da análise SWOT são utilizados para isso. Neste caso, os quadrantes relacionados as suas fraquezas, oportunidades e ameaças são um poço de planos de ação para serem considerados, tendo suas forças como alavanca para concluir os planos de ação que definir.

Assim sendo você retira das fraquezas pontos de melhoria, das oportunidades pontos para investir e das ameaças pontos a eliminar.

Agora que entendemos de onde serão retirados os planos de ação, vamos entender como é desmembrada a sigla S.M.A.R.T. que em português significa “inteligente” ou “mais esperto”.

1 – Specific (Especifico)

Uma meta precisa ser específica, sei que você deve estar pensando: nossa gênio, sério que você está dizendo isso? E eu digo: Sim, estou!

No decorrer da minha vida vejo que as pessoas de modo geral tem dificuldade em serem específicas, o que gera muitas vezes desentendimentos, frustrações, desistências, entre outros aspectos.

Um exemplo, você quer, em 2018 emagrecer, e define sua meta como: perder peso.

O que está errado aqui? Algumas coisas…

Primeiro o que é esperado? Qual o propósito de perder esse peso? É uma questão estética? Está com problemas de saúde? O que deseja resolver concluindo essa pendência? Quantos quilos precisam ser perdidos? 1? 2? 3? 30? Em quanto tempo? Se morar com outras pessoas é necessário alinhar com elas esses objetivos? Você precisa de um acompanhamento médico?

Uma simples meta como perder peso pode ser dividida em diversas metas menores, que são igualmente importantes para meta principal.

Então a meta que antes era apenas “perder peso” poderia ser substituída por “Perder 10 quilos em 4 meses através de dieta e 3 idas semanais a academia”.

Aqui definimos a meta, duração para alcançá-la e como alcançá-la.

2 – Measurable (Mensurável)

Começamos a ver a importância de se especificar uma meta. Considerando apenas o que pode ser mensurado, passamos a levar em consideração apenas ações que possam ser acompanhadas com checkpoints pré determinados.

Voltando a questão do peso, se sua meta é perder 10 quilos em 4 meses, nada mais saudável do que no meio do caminho você consiga ter visibilidade da sua evolução para se motivar ou até mesmo para ter a oportunidade de corrigir o curso do seu plano.

Uma pesagem quinzenal, fará com que você tenha essa visibilidade e possa tomar decisões sobre seu plano conscientemente, evitando frustrações.

3 – Attainable (Atingível)

Eu quero ir a Lua, sim, sempre tive essa vontade, mas colocar ela como um plano de ação para um ano seria o mesmo que querer aprender a voar ou virar uma cantora tipo a Anitta.

Os planos de ação precisam ser possíveis, executáveis, não adianta sonhar com objetivos que sejam impossíveis de serem atingidos, sei que está pensando: tudo o que eu quiser, um cara lá de cima vai me dar, me dar toda a coragem que puder, que não me falte forças pra lutar!

Ok, acredito que querer é poder, e a força de vontade junto com a resiliência e persistência são primordiais para o sucesso de qualquer empreitada, mas viver em um mundo de realidade com o pé no chão não te faz deixar de sonhar com as alturas, apenas te mostra que existe um caminho para se chegar lá, e um passo por vez você pode conseguir.

4 – Relevant (Relevante)

Pegue o seu SWOT, o que ali é de fato relevante para seu ano? O que vai fazer você olhar para o período que passou e dizer, “nossa que crescimento incrível que eu tive, nem creio que fiz isso!”?

A relevância do seu plano de ação fará com que você dê ou não a devida atenção a ele. Elencar aquilo que te fará melhor e dará a melhor guinada na sua vida é uma escolha sua, que pode, evidentemente, ter o apoio de pessoas próximas e de confiança, mas no fundo, a partir do momento que queremos montar um plano de ação para o ano, queremos também assumir as rédeas da vida e poder olhar no espelho dizendo: como eu amo ser você!

Portanto, o que te colocaria em outro patamar? Mexeria com a sua auto estima e te deixaria mais feliz esse ano?

5 – Timebound (Temporal)

Uma das minhas metas é ficar milionário. Adoraria que fosse esse ano, mas acredito que levará um pouco mais de tempo.

Os planos de ação, no geral, precisam ter um tempo determinado, para que ele possa ser alcançado e devidamente alcançado e priorizado.

Determinar um deadline te fará não só se mexer para fazer com que o plano seja executado, como te fará ter visibilidade de como será quando alcançá-lo.

Algo muito importante quando trabalhamos com metas de vida é visualizar a conquista, isso ajuda a trabalhar nossa mente para o objetivo e consequentemente reservar um espaço para ele em nossa vida.

Metas que tem prazos grandes demais são facilmente esquecidas, ou jogadas de lado, se sua meta, como a minha, levará mais tempo do que esse ano, a dívida em objetivos menores, por exemplo, ao invés de “ficar milionário” troque por “reduzir em 50% meus gastos com lazer”, “poupar 30% dos meus ganhos anuais”, são metas menores, que te farão chegar, a médio prazo, no seu objetivo.

6 – Win

Este aqui eu coloquei por minha conta!

Cada objetivo alcançado eu associo a uma recompensa, seja uma roupa que eu queria comprar, uma viagem, um livro, um mimo mesmo.

Desde pequenos somos estimulados a sermos recompensados por nossas ações, por que isso deve mudar quando nos tornamos adultos?

Esses mimos servirão para educar a sua mente, a partir do momento que, seu inconsciente assumir que a cada objetivo alcançado, você receberá uma vitória, ele te ajudará a conquistá-los com mais facilidade.

E depois disso?

Após a análise SWOT e definição dos seus planos S.M.A.R.T. resta o acompanhamento da evolução das suas metas.

Vale aqui realizar revisões periódicas nelas, algo em torno de 2 a 3 meses, isso irá te auxiliar a mantê-las sempre relevantes e objetivas.

Existe outra forma de levantar planos de ação, denominada 5w2h, mas essa ferramenta eu detalharei em um próximo artigo.

Por hora é isso, caso queira ajuda para entender melhor a definição de objetivos estou a sua disposição, será um prazer compartilhar meu tempo com você.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo